Ceará
Postada por:  Jardel Viana,  em  01/11/2017 às 19h27
Link:
BPRaio chega a novas localidades
O reforço do policiamento do BPRaio em determinados bairros da Capital foi intensificado ontem com a chegada ao bairro Vila Velha

01/11/2017 às 19h27
O governador do Ceará, Camilo Santana, comunicou, ontem, a implantação do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) em mais localidades. Conforme o chefe do Executivo do Estado, até o início do próximo ano, as equipes devem começar a atuar em Maranguape, Aracati, Crato e Barbalha.

Em um bate-papo com a população transmitido ao vivo por meio da página do Facebook oficial de Camilo Santana, o governador anunciou que algumas das implementações já têm data certa para acontecer. Conforme o Governo, no dia 25 de novembro de 2017 será a vez do município de Maranguape, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), receber o BPRaio.

"Em Maranguape, serão quatro equipes do Raio, com 37 policiais, 16 motos e uma viatura. Em janeiro vamos implantar em Aracati. Em dezembro é a vez de implementar o BPRaio no Crato. Barbalha também irá receber", disse Santana.

Além da chegada a essas localidades, o governador ressaltou o reforço do policiamento ostensivo em determinados bairros da Capital. Na noite de ontem, Camilo Santana esteve no bairro Vila Velha apresentando o novo reforço da área. As equipes foram apresentadas à população, na Praça do Polar, com a presença do secretário da Segurança Pública do Ceará, André Costa.

Camilo Santana adiantou que, na próxima semana, será a vez do bairro Parangaba passar a ter o reforço. O aumento integra a segunda fase de ampliação do policiamento motorizado. A promessa do Governo é que além do efetivo operacional dobrado em Fortaleza, todos os municípios com mais de 50 mil habitantes também contem com o batalhão especial.

"No sábado passado houve a expansão do BPRaio em Messejana. Na Capital, são 104 homens a mais, 56 motos e duas viaturas", disse o chefe do Executivo do Ceará. No bate-papo, o governador lembrou que, apesar dos esforços, o Estado vem enfrentando dificuldades para reduzir os indicadores de violência.

Só neste ano, já foram contabilizados mais de quatro mil Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Para Santana, o aumento nas mortes se dá devido à rivalidade entre facções criminosas, que vêm disputando territórios para o tráfico de drogas em Fortaleza e no Interior.

O governador lembra que o tema Segurança Pública foi discutido na última sexta-feira (27), em reunião nacional, realizada no Acre, com a presença dos governadores de cada Estado brasileiro. Ainda segundo Santana, há a necessidade de um pacto para combater a violência. "Como é que o Brasil, um País com grande vocação turística, não prioriza o combate à violência? É preciso chamar atenção para as nossas fronteiras. Há a necessidade de rever as leis e chamar o Poder Judiciário para esse debate", reiterou.



Por Diário do Nordeste








30/09/2018
Eleitores que tiveram títulos cancelados podem regularizar a situação a par...
30/09/2018
Anatel determina ligações gratuitas em orelhões da Oi no Ceará e em 10 esta...
30/09/2018
Contas de luz continuam com tarifa mais alta em outubro
24/09/2018
BTG Pactual: Bolsonaro se estabiliza em 1º e Haddad se distancia de Ciro
24/09/2018
Número de foragidos da Justiça com tornozeleiras cresce 40% no CE

 

 

RÁDIO GEM'S EDUCATIVA FM 103,5 MHz
Rua. Nossa Senhora da Conceição 147, Reriutaba - CE
(88) 3637-2085 - (88) 9-9939 8209

 Online Agora:

  40

 Visitas:

  5055104